A última carta.



Saudade é algo engraçado, né? De vez em quando, em momentos mais aleatórios, me vem uma lembrança sua e nada faço além de me deliciar nessas doces lembranças que enchem meu coração de ternura, alegria e amor ao mesmo tempo que enchem minha cabeça de pensamentos meio confusos, mas totalmente claros na essência. Um desses pensamentos me trouxeram aqui pra lhe escrever essa carta, lembrei das inúmeras vezes que nós nos prometemos que quando o amor não nos prendesse um ao outro, nós iríamos separar nossos caminhos. É estranho pensar nessa promessa e ver que nossos caminhos, hoje, estão separados, mas não por falta de amor e sim por excesso de amor. Por termos tido a sensibilidade de percebermos que não estava fazendo mais sentido, que as coisas mudam, as pessoas mudam e o relacionamento muda e que as vezes o encaixe, por mais forte, sincero e repleto de sentimentos bons, infelizmente, não é o suficiente mais. E ai torna-se extremamente necessário que nós paremos com esforços para mantê-lo no lugar, afinal, por algum motivo que nós não entendemos, nós dois precisamos nos desprender. 
Entretanto, sinto que ainda há algumas coisas entaladas na garganta que precisava te falar, ou, pelo menos, repetir. Sei que é impossível fazer diretamente, afinal, foi escolha nossa nos afastarmos para ver se conseguiríamos suportar com, pelo menos, um pouco mais de lucidez essa nova relação, então estou aqui escrevendo essa última carta, na esperança de um dia bater saudades e você aparecer por aqui, como costumava fazer tempos atrás. 
Quis escrever, basicamente, pra te pedir desculpas. Não pelas coisas que eu fiz e que te irritaram outrora, ou por todas as vezes que, no meu jeito impulsivo de ser, quis resolver tudo na hora e só piorei a situação. Não. Te peço desculpas, aqui, pelo o que não fiz. Por não ter ido aprender a surfar com você naquela vez que você finalmente animou de ir. Por não termos assistido O Clube de Compras Dallas - e que agora não consigo assistir sozinha porque não faz sentido assistir sem você -, por não ter te acompanhado no lanche gorduroso por estar de dieta e por não ter aprendido a fazer uma massagem aliviasse, pelo menos um pouco, as suas dores nas costas. Além disso, quero te agradecer, e como, por tantas coisas. Agradecer pelos momentos maravilhosos já fiz, em inúmeras situações, inclusive, em várias cartas escritas a mão e entregues em momentos especiais, então, para economizar espaço e tempo de quem está lendo e que não tem nada a ver com isso, quero dizer obrigada por uma coisa específica: obrigada, e muito, por saber o que é melhor pra mim e por ter respeitado esse meu momento de autodescoberta, por mais doloroso que tenha sido pra você. Obrigada, de coração, pelo respeito e por ter entendido que isso nada tinha a ver com o que eu sentia por você, que, aliás, aumenta a cada dia, mesmo que hoje a gente se esbarre no corredor e abaixamos os olhos fingindo que não nos conhecemos, que não passeávamos com o seu cachorro no estacionamento do seu prédio sentindo aquela brisa do final da tarde no verão no rosto e que não perdemos o voo de conexão na hora de irmos pra casa e dormirmos no aeroporto de Londres com o coração apertado e medo de não termos como voltar e do tablet acabar a bateria e nós ficarmos sem jogar candy crush haha. 
Ah, meu -vocêsabedoqueeuiatechamar-, eu te desejo todas as coisas boas do mundo, mais do que desejo a mim, pois sei que se existe uma pessoa no mundo que tem o direito - e o dever - de ser feliz é você. Se descubra, se apaixone, estude muito pra ser aquilo que você tem a capacidade de ser. Saiba sempre que você será uma das memórias, se não a, mais doce da minha vida e que será pra sempre alguém que me enche de energias boas e ternas quando lembrado. Quem sabe um dia beeem lá na frente a gente se encontra por ai de novo, numa esquina qualquer, sentemos num bar e, rindo e lembrando das nossas histórias do passado, começaremos outra no futuro? Mas, por enquanto, vamos continuar vivendo nossa vida, traçando esse caminho separado e que é extremamente necessário no momento, apesar de toda a dor que isso provoca. Nós dois sabemos que isso é o certo. E é o certo porque está sendo feito com amor, apesar de toda a contradição que isso pareça ser, pelo menos, à priori. 

Com amor.



43 comentários:

  1. Que texto lindo, Isa. Me pareceu verdadeiro em cada palavra, me emocionou. Você deveria escrever mais textos, moça.
    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi extremamente verdadeiro, Cecí. Não foi algo inventado... E fico feliz por ter emocionado. ahhaah
      E sei lá, fico ~meio assim~ de escrever textos, sempre acho que ninguém tá a fim de ler o que eu ando escrevendo por ai...

      Excluir
  2. Vontade de escrever uma carta me deu! Seu texto me inspirou >_<

    ResponderExcluir
  3. Nossa que texto maravilhoso,você escreve maravilhosamente bem,sério!
    Beijos.
    http://www.dosvinteadiante.com/

    ResponderExcluir
  4. Que texto lindo, isso sim é uma saudade que vale a pena.. Um sentimento bom que lembra respeito =) Ahhh ja aproveitei pra curtir sua página pensei que eu ja tinha curtido

    ResponderExcluir
  5. Hmmm como a Isa está profunda hoje! hahaha Brincadeirinhas a parte, fiquei triste e achei bonito ao mesmo tempo haha Quando as coisas são feitas para ser, mesmo depois de muito tempo a vida te surpreende!
    beijinhos

    www.izabellagrimaldi.com

    ResponderExcluir
  6. Amazing writtig: LOVE it!!! And you have a great blog. Let me know if you want we follow each other by GFC, bloglovin', google+, etc. I hope so: I'll be waiting for you!!! Have a nice day!!!

    *Keep in touch ;)
    ABSOkisses!!! Fanny J. ABSOmarilyn

    Google+ | Facebook | Instagram | Twitter | Bloglovin'

    ResponderExcluir
  7. Me derreto com esses seus textos *-*

    Beijos,
    http://blogdaisacarla.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Hey! Texto bonito e profundo <3
    Pois é, a vida é mesmo cheio de surpresas... ela de qualquer jeito nos surpreende, vc vai ver :´)
    obs: Fiquei com vontade d eescrever uma carta agora, hahah

    ~ xoxo ♥
    Tentando Esquecer | Facebook

    ResponderExcluir
  9. Ai meu coraçaum, Isa, çocorr.
    Eu sou totalmente louca por cartas, você não faz ideia. Quando eu criei o Caixa-a-a, a ideia era que fosse uma caixa de sapatos, daquelas que a gente guarda infinitas cartas que vive escrevendo e nunca envia? Pois é. É por isso que o nome é esse, Cartas são meu meio de comunicação favorita <3
    Essa aqui ficou de arrasar, justamente no momento que meu coraçãozinho está mais debilitado, coitado.
    Obrigada pelo prazer de ler este texto. QUERO MAIS E QUERO AGORA, obrigada, de nada.

    Beijitos,
    www.caixa-a-a.com

    ResponderExcluir
  10. Texto maravilho, super bem escrito, inspirador, emocionante. Que seu lado escritora apareça mais por aqui... muito encorajador tb. toda felicidade pra vc.
    bejo

    ResponderExcluir
  11. Eu não sei nem o que comentar porquê você sambou com essa escrita maravilhosa, seu texto ficou maravilhoso!! E dá vontade de te bater por ter demorado tanto pra postar ele igual você disse na sua fã page hah adorei e como a camila disse ali em cima, com certeza inspirador <3

    Beijos,

    rodoviadezenove.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Simplesmente não tenho besteiras para escrever aqui, hehehe. Lindo teu texto Isa, lindo, lindo, lindo... E o melhor de tudo um texto não só inspirador como real!
    Cara, digo isso porque, conhecendo um pedacinho da tua história e sempre dizendo bobagens ou mandando fotos de comidas para te animar hehe (amigos são para essas coisas). Esse texto falou tudo, ficou emocionante e nos mostrou que muitas vezes devemos deixá-lo ir e ver o que acontece, mesmo que não aconteça aquilo que planejamos!
    Não vou dizer para vc continuar escrevendo assim, pq para mim, vc sempre escreveu assim! Assim como? Explico! Desse modo de inspirar as pessoas e fazê-las pensar em cada parágrafo e é por isso que sempre venho aqui te visitar, mesmo não comentando nada, desculpa, mas amo tudo que você escreve, desde looks do dia ou até mesmo em uma receita detox.

    Então Isa Maravilhinda, você sabe que te considero muito e você mora no meu coração infanto-juvenil de 26 anos, mas gostaria de aconselhar/sugerir, sei lá como seria a palavra, imprimir essa carta e enviá-la para o destinatário, mesmo que falte coragem ou caralho que seja para te impedir de mandar!

    Sem mais delongas com esse comentário enorme com V de vingança, pois você me fez parar de comer, para começar a chorar!!! Despeço-me por aqui e paro de digitar. Srsrs

    Beijooo Isaaa!

    ResponderExcluir
  13. Escrever, para mim, as vezes tem a mesma função de respirar.
    De colocar pra fora sabe? Não publico quase nada que escrevo,
    e adorei a sua carta, gosto de escrever nesse formato tmbm

    bjs

    ResponderExcluir
  14. Isa, que carta linda. É ainda mais lindo saber que é muito verdadeira, e que assim sendo, deve ter sido muito doloroso pra ti escrever. Eu as vezes me pego com as lágrimas escorrendo pelo rosto quando me permito escrever, e na maioria das vezes é só ficção, então imagino tu. Só desejo que tu seja muito feliz, e que independente das escolhas, o destino trate de fazer o melhor possível.
    E sim, tu escreve muito bem e deveria fazer isso mais vezes.
    <3

    ResponderExcluir
  15. E M O C I O N E I com o texto :/
    Carta linda e verdadeira, muito bom Isa. Fiquei imaginando que se eu fosse ele, gostaria de te abraçar e dizer: Não sai mais daqui :/
    Espero que a vida traga coisas boas para os dois, independente do que for <3
    Beijos :*
    Tamy | www.descoladavida.com

    ResponderExcluir
  16. Ai que emoção menina, deu vontade de voltar a escrever^^!!!

    ResponderExcluir
  17. Nossa, fiquei emocionada!
    Texto lindo e tão sincero, verdadeiro!
    beijinhos, Rê
    http://renatatruchinski.com

    ResponderExcluir
  18. nossa, que texto lindo! super me identifiquei, saudade é assim msm...

    www.tofucolorido.blogspot.com
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  19. Você escreve super bem!
    Bah saudade doi, mas tem pessoas que mesmo partindo nos deixa uma lição e isso faz a saudade amenizar um pouquinho!
    Bjs
    http://meninadivadamodaoficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Que texto lindo *-* adoreei!!!
    Beijos
    http://blogbelezamake.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Eu me identifiquei nele. Bela escrita!
    Beijos,
    Julie | http://www.juliechagas.com/

    ResponderExcluir
  22. Oi lindona!
    Esse povo que tem dom pra escrever é outro nível ahahha!
    Lindo, muito sucesso *--*

    http://isabellalessa.com/

    ResponderExcluir
  23. Essa carta está linda


    www.tarasemanias.pt

    ResponderExcluir
  24. Que carta linda e emocionante. Achei super verdadeira e vem de dentro neah?!
    Adorei.
    Beijoos!

    http://www.pamlepletier.com/

    ResponderExcluir
  25. Ai Isa, que coisa mais triste e linda essa carta. Meu coração ficou apertado. <3

    ResponderExcluir
  26. A beleza tem várias formas de se expressar por isso é tão difícil descrever o belo, entretanto, basta um rápido olhar (nesse caso uma leitura) para facilmente reconhece-lo. Parabéns pelo belo texto!
    Bjs!
    Teddy

    ResponderExcluir
  27. Que texto lindo, Isa!
    E fica mais lindo ai pra quem vive uma história a dois, como eu.
    Pego sua dor pra mim e me vejo na sua história!
    Amei, beijos, Ana do dia <3

    ResponderExcluir
  28. caramba Isa! que texto mais perfeito, amei (:

    www.blogamorarosa.com

    ResponderExcluir
  29. Nossa, Isa. Que texto profundo e emocionante. Arrepiei-me, e só fico assim quando algo é de verdade. Parabéns! Lindo, lindo, lindo.

    Beijos, Fernanda.
    mudeimodei.com.br

    ResponderExcluir
  30. Que carta linda! É difícil encontrar pessoas que pensam assim, que decidem se afastar para o bem do outro. Espero que ele consiga ler essa carta um dia.
    Beijos

    ResponderExcluir
  31. Texto extraordinário, forte e emocionante. Simplesmente perfeito, dá para ver que veio do coração :)

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderExcluir
  32. Uau vc escreve mto bem! Arrasou beijos

    ResponderExcluir
  33. Nossa, você estava inspirada hein?! Escreve muito bem.
    Não sei se acho bonito ou triste, mas que bom que ambos estão de acordo à decisão tomada.

    Preserve Suas Raízes | Fã Page

    ResponderExcluir
  34. Texto muito bom como sempre ♥ Arrasou ! *-*


    Beijinhos
    Nath | Fashion Jacket
    www.fashionjacket.com.br

    ResponderExcluir
  35. Isa, que lindo isso! Eu fiquei com vontade de chorar e através das suas palavras senti saudade de alguém que eu jamais conheci! Sinto muito pela dor e torço para que vocês dois sejam felizes, juntos ou separados... <3 Beijos <3 http://gostosdeadolescentes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  36. Sempre que venho no seu blog, desligo a música, fecho todas as abas da internet e deixo só a do seu blog aberta. Me identifico muuito com o jeito que tu escreve os posts, independente de qual seja o assunto, sempre fica muito dinamico. E gente, depois de comer uma penela de brigadeiro, ler um texto desses é pedir pra passar a noite chorando e lembrando do passado #xatiada Enfim, vamos deixar as mágoas pra lá porque o que eu nao me canso de dizer é que amo o teu blog, e ele esta na minha lista de leituras diárias faz tempo. Obrigada por fazer parte da minha vida, com tantos posts e palavras lindas!

    Beijoos, Ana Carolina
    Simplesglamour.blogspot.com
    Instagram e Twitter: @simplesglamour

    ResponderExcluir
  37. Sou um romântica incurável eternamente apaixonada por cartas.... Inclusive estou com um projeto literário assim. ;x

    ResponderExcluir
  38. nem preciso dizer que me apaixonei pelo teu comentário gigantesco...adoro comentários participativos assim.

    E você, menina, com esse post me emocionou de verdade. fiquei marejada aqui porque eu já passei por isso, e como é doloroso. acabei depois de meses percebendo que meu lugar era ao lado dessa tal pessoa. Ainda bem que ele simplesmente me disse "se você soubesse o que é ver sua foto no porta retrato todo dia esperando você dizer isso e voltar pra mim..." No tempo de autoconhecimento estudei mais, me fiz mais "inteligente" e "sabida" de algumas coisas e principalmente percebi o quanto a companhia dele era essencial e que ter ele ao meu lado pra vivenciar meu amadurecimento era o que eu precisava e queria, só não estava tudo claro pra mim e precisei ficar sozinha pra notar que não queria estar sozinha.

    espero que seu tempo de vivencia e autorreflexão te levem a encontrar coisas boas em você mesma, momentos inesquecíveis de aprendizado e uma companhia que perceba isso e valorize, sendo esse que você tem saudades ou não.

    beijos lindona, e vambora se encontrar nesse ridejaneiro.

    gostodecanela.net

    ResponderExcluir
  39. Texto maravilhoso, e doloroso também, porque dá pra perceber que você colocou uam tonelada de sentimetnos neel.
    Mas comigo funciona assim, quando nem eu to entendendo o que sinto, preciso desabafar de alguma forma, e a melhor delas é sempre escrevendo.

    Beijão
    http://perigosasgarotas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  40. Aiiii doeu no meu coração viu! Lindo! Lindo!
    Mas doeu...

    Li duas vezes. Gosto mto do jeito que vc escreve, já falei né!

    bjinhos

    ResponderExcluir

Qualquer comentário é bem vindo, mas se for comentários de sdv, eles serão devidamente ignorados.
Beijos.